Quem sou eu

Minha foto

Numa busca interior, descobri em Cristo a unificação universal com o cosmo, assim como Jesus afirma ser ele e o pai um único ser(João 10.30), descobri que somos um tambem com o criador, alguns o chamam de "Arquiteto do universo", outros de "Mente criadora", eu prefiro chamar apenas de "Pai", pois o Genesis não diz que Deus parou para pensar no que ia fazer, e pelo que sei é isso que um arquiteto faz, ele pensa, planeja, calcula, mas Deus apenas disse e aconteceu como falou, creio no poder da palavra, e sei que mudanças poderosas podem ocorrer coforme o que você pronuncia, você pode ter uma vida de sucesso falando coisas boas ou uma vida penosa e sofredora falando palavras malditas, que tendemos a chamar de palavrões. Desejo poder iluminar sua vida com o que for postado nesse bloger, e que a paz do Senhor Jesus, que é a mais profunda a se desejar, superabunde em seu ser e dê o despertar cósmico de sua consciência que você tanto deseja

segunda-feira, 28 de março de 2016

Verdade Mistica dos mormons

Os Santos dos Últimos Dias (SUD), mais popularmente conhecidos como Mórmons, é um movimento religioso restauracionista iniciado no século XIX nos Estados Unidos da América e liderado inicialmente por Joseph Smith Jr., definido pelos seus seguidores como primeiro profeta desta época
São normalmente identificados com sua maior denominação, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Na primavera de 1820, Joseph Smith Jr., então com quatorze anos, perturbado por não saber qual era a "igreja verdadeira", narra ter ido a um bosque próximo a sua casa para orar, pois, queria saber a qual igreja realmente era a igreja do Senhor. Segundo Smith Jr., em resposta à sua oração, o Pai Celestial e Seu Filho, Jesus Cristo, lhe apareceram. Joseph escreveu: “Vi um pilar de luz acima de minha cabeça, mais brilhante que o sol, que descia gradualmente sobre mim, quando a luz pousou sobre mim, vi dois Personagens cujo esplendor e glória desafiam qualquer descrição, pairando no ar, acima de mim. Um deles falou-me, chamando-me pelo nome, e disse, apontando para o outro: — Este é Meu Filho Amado. Ouve-O!” Foi respondido a Joseph que não deveria unir-se a nenhuma das igrejas existentes naquele tempo, pois a igreja de Jesus Cristo não estava na terra.
Foi assim que teve origem a religião mormom. Em 2014, a Igreja relatou um pouco mais de 15,3 milhões de adeptos em todo o mundo. No Brasil, de acordo com estimativas dos registros da instituição religiosa, esta possui pouco mais de 1,2 milhão de adeptos, caracterizando-se no terceiro país em número de fiéis no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e México
Em um segundo momento (depois da Primeira Visão), um ser ressurreto chamado Morôni, que viveu nas Américas por volta do ano 400 depois de Cristo, teria aparecido a Smith jr. na forma de um anjo. Ele lhe falou de um livro escrito em placas de ouro (mais conhecido como "as placas de ouro") com caracteres até então desconhecidos, que quatro anos depois receberia para traduzi-lo. Smith Jr. teria recebido as placas em 1827[19] e a partir dessa altura ele as teria traduzido para a inglês, dando origem ao Livro de Mórmon, que juntamente com a Bíblia,[20] Doutrina e Convênios e Pérola de Grande Valor é considerado escritura divina para os Santos. O termo mórmon, geralmente usado para referir-se a estes, deriva do nome do profeta Mórmon, que foi um dos autores e compiladores das escrituras que formaram o livro com seu nome.
Durante o período de tradução dos caracteres, Smith Jr. foi auxiliado por Oliver Cowderyo qual era seu escrivão. Voltou a orar, às margens do rio Susquerrana, e como resposta obteve outra visão. Dessa vez teria lhe aparecido João Batista, o qual lhes conferiu pela imposição de mãos, o sacerdócio de Aarão que lhes dava autoridade para batizar. Alguns dias depois lhes apareceram Pedro, Tiago e João, os quais possuíam as chaves do reino de Deus, transferidas a eles pelo Senhor antes de sua ascensão aos céus, os quais lhes impuseram as mãos e lhes conferiram o sacerdócio de Melquisedeque. Primeira Visão.[21]
Em 6 de abril de 1830, com apenas 6 pessoas, conforme o número mínimo exigido pela lei americana, a igreja foi formalmente organizada. E nesse mesmo ano de 1830, Smith Jr. publicou o Livro de Mórmon, tornou-se o primeiro Élder da Igreja por ele iniciada e denominada A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, isso porque cuidava ser a mesma igreja que Jesus criara quando estava na terra, só que agora Restaurada por um profeta chamado e ordenado por Deus. A mensagem da Igreja conquistou não apenas seguidores como também inimigos políticos e religiosos.
Segundo B. H. Roberts[22] , um historiador mórmon, para além de motivos religiosos, ele também referiu como motivo da perseguição a tendência dos Santos se congregarem numa só comunidade. Após a sua conversão, os Santos congregavam-se em locais indicados pelos seus líderes. Houve muitas perseguições aos Santos devido às diferenças significativas entre comunidades, nomeadamente:
• diferenças culturais. Os membros da Igreja eram na sua maioria provenientes de Estados de Leste e do Norte e contrastavam imensamente com os moradores da fronteira Norte Americana em temas polêmicos na época, como por exemplo a Abolição da Escravatura, sendo os mórmons contra a escravidão humana.
• diferenças políticas. Como a comunidade mórmon crescia de forma esmagadora, ao mesmo tempo ganhava grande peso em votos, tornando-se ameaçadora a nível político colocando em risco os lugares governamentais ocupados pelos antigos moradores pela possibilidade de virem a ser ocupados por cidadãos mórmons.[23]
Por conseguinte, os mórmons foram vítimas de centenas de atos de violência e segregação, como incêndios de caravanas lideradas por missionários e peregrinos. A intolerância com os religiosos mórmons, culminou no assassinato de Joseph Smith Jr., morto dentro da cela onde estava preso, em Carthage, Illinois.

links:
http://www.palavraprudente.com.br/estudos/variosautores/micelanea/cap16.html
https://pt.wikipedia.org/wiki/A_Igreja_de_Jesus_Cristo_dos_Santos_dos_%C3%9Altimos_Dias

Link do desenho completo:
http://www.redecanais.com/south-park-7a-temporada-12-tudo-sobre-os-mormons-video_fd74fa127.html

domingo, 20 de março de 2016

Um exemplo de Tocantins

Olá, acabei de chegar da Primeira Igreja Batista em Nilópolis, onde pude prestar ali um culto ao Senhor Jesus, esta igreja tem tido um importante papel em minha vida, pois quando lá cheguei para ser membro, eu estava passando por terríveis problemas, havia acabado de perder minha mae, meu emprego, e fiquei totalmente abandonado e humilhado, lá aprendi, sobre tudo a me relacionar com Deus, e com o próximo, aprendi a me levantar, e a não depender de bênçãos alheias para ser vitorioso, mas sim a buscar independente de ter ou não culto na igreja, aquilo que só Deus poderia me dar.
Hoje, o pregador foi o pastor Júlio, ele é missionário em Tocantins, e falou coisas que achei importante repetir aqui, como um garoto que quando foi arguido sobre o que ele queria, ele pediu duas coisas: uma bíblia, e arroz com feijão. Em menos de sete dias, sem que ninguém falasse nada, a prefeitura da cidade buscou a igreja, e ofereceu dez cestas básicas, o prefeito disse que sentiu no coração o desejo de fazer essa doação. Isso é um milagre vindo da parte de Deus.
Lembro-me que em minhas férias, que foi em fevereiro, eu e minha esposa resolvemos ir ao Sesc, usufruir da piscina de lá, e no caminho, paramos para fazer um lanche em uma barraca de salgados, pedimos dois salgados com refresco, quando fomos surpreendidos por um jovem, que me pediu que eu pagasse um salgado pra ele, o que fiz com muita alegria, pois poderia ser um assaltante ou algo do tipo, paguei-lhe o mesmo que eu e minha esposa comemos, e ele deu uma mordida na coxinha, um gole no refresco e saiu, logo após saímos atrás dele, e quando mais adiante, vimos ele chamar outros três rapazes para repartir, aquele simples lanche que poderia ser pra eles a refeição do dia.
Sinto-me incomodado pelo egoísmo que assola hoje em dia, muitos rebeldes abrindo portas pelo simples prazer de se amostrar, não tem o menor amor por ninguém, quando tenho chegado a conclusão, que o melhor a fazer é somar com quem esta fazendo.
A igreja batista esta presente no Brasil desde 1882, possui, dentre outros, agencia missionaria, tanto aqui como em todo o mundo, distribuição de remédios, cesta básica, possui clinicas de tratamento psicológico, local de tratamento aos dependentes químicos, e tantas outras coisas.
O pastor batista pode trabalhar em tempo integral, ou dependendo da igreja, apenas nos cultos principais com um horário de clinica pastoral. Todos são provados e aprovados por Deus, e pela sociedade, estudam quatro anos de teologia, onde aprendem, dentre outras coisas, a defender a fé, sem perder o amor.
A primeira igreja batista em Nilópolis fica na rua Zezinho 157, rua do antigo pronto socorro, se você quiser conhecer é só ir lá. Lá não tem grandes manifestações publicas do Espirito Santo, mas tem pessoas caridosas e amorosas, se você quiser conhecer é só ir lá, ou em qualquer outra igreja batista.