Quem sou eu

Minha foto

Numa busca interior, descobri em Cristo a unificação universal com o cosmo, assim como Jesus afirma ser ele e o pai um único ser(João 10.30), descobri que somos um tambem com o criador, alguns o chamam de "Arquiteto do universo", outros de "Mente criadora", eu prefiro chamar apenas de "Pai", pois o Genesis não diz que Deus parou para pensar no que ia fazer, e pelo que sei é isso que um arquiteto faz, ele pensa, planeja, calcula, mas Deus apenas disse e aconteceu como falou, creio no poder da palavra, e sei que mudanças poderosas podem ocorrer coforme o que você pronuncia, você pode ter uma vida de sucesso falando coisas boas ou uma vida penosa e sofredora falando palavras malditas, que tendemos a chamar de palavrões. Desejo poder iluminar sua vida com o que for postado nesse bloger, e que a paz do Senhor Jesus, que é a mais profunda a se desejar, superabunde em seu ser e dê o despertar cósmico de sua consciência que você tanto deseja

domingo, 16 de abril de 2017

Escravos

Boa Noite a todos. Sou crente desde meus onze anos, pastor desde 2011, mas nunca tive a oportunidade de ver uma ceia biblica, judaica. Até hoje, quando o pastor Pedro Paulo, com o auxílio do irmão Felipe, realizou o que seria uma ceia judaica. Foi uma bênção, pois pude então conhecer os elementos e seus significados, não é so pão e vinho. Tem cebola, ovo cozido, e ervas amargas. A mensagem principal era a gratidão a Deus pela liberdade do povo de Israel e dos Cristãos do pecado. Mas Deus me alertou de algo incrível: Israel foi escravo, mas nós também fomos. Você, assim como eu, tem em suas veias o sangue negro, e a pouco tempo, aqui no Brasil, o negro e seus descendentes eram escravos. Então se agradecer a Deus pela liberdade dos judeus é algo distante, cerca de cinco mil anos, a cruz por seus dois mil anos, que tal então agradecer a Deus por te libertar do tronco, do chicote e das senzalas? A lei áurea com certeza partiu do coração de Deus. Então temos muito que agradecer a Deus. Faça isso agora. E se eu fosse você, se não fosse crente, buscaria uma igreja. Se não fosse dizimista, passaria a ser. Se tivesse pecados ou crimes, me confessaria a Deus e me corrigiria. Ou você quer voltar a ser escravo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário