Quem sou eu

Minha foto

Numa busca interior, descobri em Cristo a unificação universal com o cosmo, assim como Jesus afirma ser ele e o pai um único ser(João 10.30), descobri que somos um tambem com o criador, alguns o chamam de "Arquiteto do universo", outros de "Mente criadora", eu prefiro chamar apenas de "Pai", pois o Genesis não diz que Deus parou para pensar no que ia fazer, e pelo que sei é isso que um arquiteto faz, ele pensa, planeja, calcula, mas Deus apenas disse e aconteceu como falou, creio no poder da palavra, e sei que mudanças poderosas podem ocorrer coforme o que você pronuncia, você pode ter uma vida de sucesso falando coisas boas ou uma vida penosa e sofredora falando palavras malditas, que tendemos a chamar de palavrões. Desejo poder iluminar sua vida com o que for postado nesse bloger, e que a paz do Senhor Jesus, que é a mais profunda a se desejar, superabunde em seu ser e dê o despertar cósmico de sua consciência que você tanto deseja

quarta-feira, 21 de março de 2018

Como diferenciar a Igreja do Senhor Jesus de uma seita

No dia 07/10/2017, Deus me deu uma palavra orientando o povo sobre como reconhecer uma seita.

Quando trato do assunto"seita", não estou aqui enfatizando credos como Umbanda, Candomblé, Budismo e outros. Deles tratarei em outra ocasião.

Minha preocupação aqui é com relação àquelas que se utilizam da bíblia, mas ou ensinam o que querem, e se utilizam de textos isolados, ou textos fora de contexto, ou pior, falam o que o texto não está dizendo.

Como diferenciar a Igreja do Senhor Jesus de uma seita:

Atualmente fica difícil fazer tal diferenciação, uma vez que a liturgia é parecida, ou seja, canta-se os mesmos hinos, ou parecidos, ora-se, e até tem sermões, e com essa infinidade de placas e logos, fica ainda mais difícil fazer tal diferenciação. Vamos ver, à luz das escrituras, três pontos cruciais que diferenciam as seitas da Igreja verdadeira do Senhor Jesus:

1) "Toda a escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça". 2 Timóteo 3.16.
A "Escritura", citada no texto são os 66 livros contidos na Bíblia, escolhidos e separados pelo próprio Senhor, usando homens de fé, e a própria história para separar o joio do trigo.

Livros como os que estão na biblia católica e não na judaico- cristã, que são sete, não são inspirados, logo não servem como escritura. E são estes: Tobias, Judite, I e II Macabeus, Sabedoria de Salomão, Eclesiástico (também chamado Sirácide ou Ben Sirá), Baruc (ou Baruque) e também as adições em Ester e em Daniel - nomeadamente os episódios da História de Susana e de Bel e o dragão.

Livros "revelados" após o apocalipse, por exemplo: Assunção de Maria, evangelho de Tomé, Alcorão, Livro dos Mormons, dentre outros, podem até conter lindas histórias, mas não passa disso.

2) "Portanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem." 2 Timóteo 2.5
Igrejas que colocam qualquer outro como mediador, ainda que seja Maria, um apóstolo, alguém com o mesmo nome, fuja, você está em uma seita, e das piores.

3) "Respondeu-lhes Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento...Amarás o teu próximo como a ti mesmo". Mateus 22. 37 a 40.
Igrejas, sem amor, cujo maior objetivo é o lucro, fuja delas, mesmo as ditas" tradicionais", onde a ovelha não consegue falar com o pastor, salvo se for com hora marcada, e sabemos que tem coisas que são sérias e urgentes, pessoas que procuram ajuda, e digo do próprio rebanho, e o pastor manda voltar certo dia da semana e procurar a assistente social para esta ver a "real necessidade" da pessoa e assim ajudar ou não. Na verdade ele não tem o menor interesse em ajudar a pessoa, e a assistente social é só uma desculpa para não mexer nos cofres da igreja. Falo isso porque aconteceu comigo. Fui membro de uma igreja assim por 12 anos. Houve momentos terríveis em minha vida, que precisava do pastor, como da doença do meu pai, a morte dele, de minha irmã, assim como a maioria dos crentes do Brasil, tive que aprender a me virar sozinho. Daí entendo o sujeito que contesta a necessidade da Igreja, visto que quando você precisa tem que e virar sozinho, ou do dízimo, ou do salário do pastor, visto que ele só aparece no dia de culto, prega e vai embora.

Um dos fatores de eu não estar à frente de obra é este. Eu trabalho para tirar o meu sustento. O pastor, a meu ver, não deve ter outra função a não ser a de pastorear. Quando digo pastorear não é apenas pregar no culto, isso uma criança faz muito bem.

Pastorear é estar a disposição da comunidade. É ir a hospitais quando necessário, independente se é ou não membro da igreja, presídios, ou simplesmente ouviro membro quando este procurar.

O único que não pode ter pressa de voltar para casa é o pastor.

Poderia citar aqui outras barbáries que com certeza o Senhor Jesus não aprovaria, tal como o dízimo de trinta porcento, a forma que são feitos os votos e campanhas. Se são feitos apenas com o intuito de arrecadar mais dinheiro esta errado, isso é falta de amor, pois o pastor tem obrigação de ouvir, orar e abençoar a todos que vem até ele, sendo rico ou pobre, dando ou não dinheiro para a obra.

Pastor, não importa se você é ou não fundador da igreja, presidente ou vice. Não importa a placa ou logo, a igreja é de Jesus, você só está administrando por um tempo, na hora em que Jesus der um basta, seu ministério pode vir abaixo, por isso se arrependa enquanto há tempo. Chega de estrelato, chega de obras faraonicas, chega de artistas.

Ovelhas, se onde você mora, não achou nenhuma igreja que se encaixe nos moldes da bíblia, não fique triste, mas faça seu papel sem medo, procure as que mais se encaixem. Aconselho a você seguir o que Jesus orientou:
"Vós sois o sal da terra...a luz do mundo". Mateus 5.13 e 14, em outras palavras, dê exemplo, ore, Leia bíblia, seja dizimista e ofertante. Deus vai te honrar. Não vá em conversa mole, obedeça ao que está na biblia, pois o pastor deve ser ouvido e respeitado, mas até nisto tem limite. Fugiu da biblia, não obedeça, Deus não vai te castigar por isso, ainda que o dito pastor te amaldiçoe, ou te maltrate, não dê além dos dez porcentos bíblicos do dízimo, das ofertas, e campanhas, desde que haja confirmação do Espírito Santo de Deus em seu coração. Segue a dica :

"Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria". 2 Coríntios 9.7

Que Jesus te abençoe e te guarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário