Quem sou eu

Minha foto

Numa busca interior, descobri em Cristo a unificação universal com o cosmo, assim como Jesus afirma ser ele e o pai um único ser(João 10.30), descobri que somos um tambem com o criador, alguns o chamam de "Arquiteto do universo", outros de "Mente criadora", eu prefiro chamar apenas de "Pai", pois o Genesis não diz que Deus parou para pensar no que ia fazer, e pelo que sei é isso que um arquiteto faz, ele pensa, planeja, calcula, mas Deus apenas disse e aconteceu como falou, creio no poder da palavra, e sei que mudanças poderosas podem ocorrer coforme o que você pronuncia, você pode ter uma vida de sucesso falando coisas boas ou uma vida penosa e sofredora falando palavras malditas, que tendemos a chamar de palavrões. Desejo poder iluminar sua vida com o que for postado nesse bloger, e que a paz do Senhor Jesus, que é a mais profunda a se desejar, superabunde em seu ser e dê o despertar cósmico de sua consciência que você tanto deseja

domingo, 28 de abril de 2013

Jesus é Deus. Sendo ele Deus, então para quem ele orava?


Essa é uma pergunta bem comum, e a resposta é encontrada no entendimento da Trindade, e da encarnação de Jesus.

A Trindade é a doutrina onde só existe um Deus em toda a existência. Esse único Deus existe como três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Eles não são três deuses, são um só. Cada um é uma pessoa separada, mas cada um é, em sua essência, divino por natureza.

Uma analogia próxima à Trindade pode ser encontrada olhando para o conceito de tempo. Tempo pode ser passado, presente e futuro. Existem três aspectos, ou partes do tempo. Isso não significa que existem três 'tempos', só existe um. Cada parte é separada, mas ao mesmo tempo compartilha a mesma natureza, ou essência. De uma forma similar, a Trindade consiste em três pessoas separadas que compartilham a mesma natureza.

A Encarnação

A doutrina cristã da encarnação é o ensinamento que Jesus, que é a segunda pessoa da Trindade, adicionou a si mesmo uma natureza humana, e se tornou um homem.

A Bíblia diz que Jesus é Deus encarnado, "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.....E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós..." (João 1:1,14); e "porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade,"(Cl 2:9). Jesus, portanto, tem duas naturezas. Ele é Deus e homem.

Jesus é completamente humano, mas Ele também tem uma natureza divina.

Deus:

Ele é adorado (Mt 2:2,11; 14:33; 28:9)
As pessoas oram pra ele (Atos 7:59; 1 Co 1:2)
Ele é chamado de Deus (João 20:28; Hb 1:8)
Ele é chamado de Filho de Deus (Marcos 1:1)
Ele não tem pecado (1 Pe 2:22; Hb 4:15)
Ele sabia de todas as coisas (João 21:17)
Ele dá a vida eterna (João 10:28)
Toda a plenitude da divindade habita nele (Cl 2:9)

Homem:
Ele adorava ao Pai (João 17)
Ele orava ao Pai (João 17:1)
Ele foi chamado de homem (Marcos 15:39; João 19:5)
Ele foi chamado de Filho do Homem (João 19:35-37)
Ele foi tentado (Mt 4:1)
Ele cresceu em sabedoria (Lucas 2:52)
Ele morreu (Rm 5:8)
Ele teve um corpo de carne e ossos (Lucas 24:39)

Como homem, Jesus precisava orar. Quando Ele orava, ele não estava orando para Si mesmo, mas para Deus o pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário